FÉÉÉRIAS!

Ufa, adeus PUC 2008, enfim chegaram as férias que prometem ser movimentadas. Preciso mexer o meu traseiro não tão gordo assim e arrumar um emprego, enquanto a Mega Sena não sai pra mim…

Nem tenho idéia do que farei nessas férias, só sei que eu quero descansar muito! Para entrar no clima das férias, a minha primeira ação oficialmente em férias foi…. ouvir Michael Jackson! haha

Passei o domingo ouvindo toda a discografia do MJ, desde “Off The Wall”, passando por “Thriller”, “Bad”, “Dangerous”, “HIStory”, “Blood On The Dance Floor” (que estou ouvindo agora) e “Invincible” (que ouvirei logo em seguida)…

Saudade do tempo que fazia isso. Hoje em dia, só se eu tiver um iPod de 80GB. Se alguém quiser me dar, não ficarei triste não. =))

.

Férias = Ócio e mais posts por aqui. Você que está lendo vai acompanhar o rítmo?

😀

Anúncios

E em novembro tem…

05 – Marcelo Camelo
07 – Zeca Baleiro
08 e 09 – Pop Rock Brasil
10 – Nightwish
14 – O Rappa
15 – Creamfields
15 – Cyndi Lauper
22 – Ed Motta
26 – P.O.D.

Isso sem contar os shows fora dos domínios mineiros, como o Planeta Terra e a gravação do DVD do Jay Vaquer.. hahaha

Se eu vou em todos? Até agora, só o do Rappa está garantido e muitos aí eu não devo passar nem perto, apesar de querer ir..

A semana em tópicos…

# Hoje é quinta ainda, mas a semana já tá completamente falida, em solidariedade a incrível economia americana.

# Me perguntaram se a música anterior era para alguém: Não, não é! Até porque, os meus professores na PUC não vão ler este blog mesmo…

# Cheguei a conclusão – sozinho e sem a ajuda de ninguém – de que eu “perdi a mão” nesse blog. O blog perdeu o foco, não dou um “up” nas categorias especiais que eu criei, tipo a “pessoas que fazem falta” ou a “vai entender” ou faço um post digno de ser lido e, até mesmo, indicado para alguém. Se é que eu já fiz isso neste recinto cheio de devaneios…

.

Três coisas super importantes e que você deveria fazer/ver/ler:

1) Já indicou o seu artista favorito no ML AWARDS 2008? Clique AQUI e faça a sua parte enquanto não fazemos a nossa!

.

2) Já viram o clipe do novo “Bond Theme”? É, saiu o clipe oficial de “Another Way To Die”, música tema da mais nova aventura cinematográfica de James Bond, interpretado mais uma vez de forma horrível pelo projeto de ator Daniel Craig. O filme, de nome “007: Quantum Of Solace”, chega aos cinemas em novembro.

Sobre a trilha, eu gostei. Teve gente que odiou. haha

.

3) Ainda falando de música, o global Zeca Camargo está indo rumo a sua segunda volta ao mundo. Você deve estar se perguntando qual a relação deste fato com a música, certo?

Pois bem, é que o apresentador está postando em sua coluna no G1 uma lista de 1000 músicas que, segundo ele, “o fizeram ouvir a própria música de um jeito diferente”.

Até agora, ele postou 600 músicas e você pode visitar o blog do cara e conferir tudo, caso lhe interesse o gosto musical do Zeca Camargo. Eu tô acompanhando e gostei da lista. Tem coisas incríveis, outras que eu ainda não conheço e recomendo a qualquer um que goste de saborear canções de qualidade

Isso sem contar o fato de que o Zeca escreve muito bem, seja sobre música, cinema, livros, viagens e por aí vai.

.

Prometo dar “um jeito” neste blog. hahah

.

[Ouvindo: Nove Mil Anjos – Chuva Agora]

O mundo em tópicos…

Coisas pessoais…

1) Olá, tudo bem?!

2) Venho dizer que estou vivo, sumido mas vivo. É um misto de preguiça com falta do que postar aqui que provocaram este desaparecimento. Acho que eu preciso de férias. Aliás, acho que eu devo ter um gene bem vagabundo no meu DNA. 😛

3) Disse que ia atualizar o blog book, né? Pois então, eu não atualizei. E nem sei quando vou atualizar.

4) Estou ouvindo um cd da Delas Web Rádio, que eu recebi no Eletronika, no fim de agosto. Sim, só fui parar para ouvir agora. Tem Udora, Manitu, Falcatrua, Jho Papa, Menina do Céu, Wilson Sideral entre outros…

5) Alguém me explica porque que eu estou no terceiro post seguido escrevendo por tópicos?

.

Futebol…

1) Hoje foi a estréia do Robinho no Manchester City. E, mesmo não gostando do Chelsea (adversário do City), tive que parar por duas horas e ver o jogo. E não é que o Chelsea ganhou? ahahah

2) Se você tem muito dinheiro, não compre o Robinho. É preferível oferecer um emprego ao Felipão.

3) O Manchester City agora entra no hall dos clubes mais ricos do mundo, graças aos novos donos, o grupo de investimento Abu Dhabi United Group, dos Emirados Árabes, grupo capitaneado pelo multimilionário Sulaiman al-Fahim.

4) Nem queiram ver a lista de desejos dos árabes para o Manchester City. Vai de Buffon a Cristiano Ronaldo, passando por Fabregas, Fernando Torres, Ronaldo, Kaká e mais alguns grandes nomes.

5) O mais legal é ver que, mesmo com o City perdendo por 3×1 pro Chelsea dentro de casa e com mais de 47 mil pessoas no estádio, os torcedores ainda estavam felizes, caracterizados como os novos donos do time e vestidos com camisas amarelas em alusão ao Robinho.

6) Mas, a melhor manifestação da felicidade da mais nova milionária torcida hoje foi uma menininha de uns 6 anos, devidamente uniformizada, com uma bonequinha nas mãos e segurando uma plaquinha com a seguinte frase (já traduzida):

“Agora eu sou consideravelmente mais rica que você!”

.

Cultura e finanças…

1) Os investimentos do citado grupo Abu Dhabi nos meios de comunicação e de cultura do mundo não pretendem parar apenas no Manchester City e no Robinho. O grupo está desenvolvendo a ilha Yas, que irá hospedar o primeiro parque temático da Ferrari no mundo, e um distrito cultural na ilha Saadiyat, que incluirá o Louvre Abu Dahbi, uma versão árabe do famoso museu francês, cujo contrato custou US$ 525 milhões e garante que o Louvre leve suas peças para uma área que ainda será construída pelo arquiteto francês Jean Nouvel. O Louvre do Deserto, como está sendo chamado, prevê que esse intercâmbio de obras ocorra até 2035 e as telas poderiam ficar em exposição por até um ano no Golfo.

2) O grupo pretende gastar US$ 1 bilhão no prazo de cinco anos para financiar filmes internacionais e de Hollywood. A Abu Dhabi Media criou a Imagenation Abu Dhabi para trabalhar com produtores e realizar até oito filmes por ano, segundo um informe da Abu Dhabi Media, cujos ativos também incluem a Holy Quran Radio.

3) A região do golfo vai gastar 27 bilhões de dólares em 30 anos para atrair outras iniciativas culturais. Um bairro inteiro está em obras em Abu Dhabi para ser sede de teatros, orquestras, shows de rock e até de um Guggenheim, desenhado pelo arquiteto Frank Gehry.

4) No ano passado, Abu Dhabi formou a 1ª sociedade de Óperas de Wagner do Oriente Médio. Nas ruas da cidade, placas já anunciam um show de Elton John, algo impensável há 30 anos. Além disso, os xeques pagaram uma fortuna para conseguir que a Sorbonne abrisse filial na cidade árabe.

5) O plano inclui a tradução financiada de 100 obras ocidentais por ano, até mesmo a de escritores judeus, como o norte-americano Isaac Bashevis Singer. Outro que está na 1ª lista é Capitalismo e Liberdade, de Milton Friedman.

6) E o melhor de tudo: Tudo isso está sendo feito pelo governo, que segundo estudos de consultorias internacionais, lucrará US$ 6 trilhões até 2020 só com a venda de petróleo. E eles ainda fazem questão de pagar para cada universitário local um ano de estudos no exterior, de preferência no Ocidente.

.

Parafraseando Silvio Santos: “Máá é bom ou não é?”

oi? alguém?

Post rápido só para dizer que estou vivo, bem, com saúde e muito sono. Aliás, sono este que me fez perder dois dias de aula na PUC.. hahaha

Mas, completando o post anterior, venho informar que:

1) A cobertura completa do Eletronika 2008 já se encontra no Portal Music Life.

2) Eu já sei que o site está um pouco abandonado, mas tirei férias. 😛
Mas, garanto a você que no domingo tudo estará de volta ao normal por lá, oks?

3) Estou sem algo de útil para postar aqui, se é que um dia este blog já teve algo de útil. Mas em breve falo do Fun Station, da lei de incentivo a cultura, da Mega Sena, do Brasileirão 2008, da minha saga no FM 2008 (enquanto o 2009 não sai) e várias outras coisas completamente inúteis que você só vê aqui. hahaha

4) Estou lendo um livro sobre o Dreamweaver, mas deveria ler coisas da faculdade. E agora? O que fazer?

5) Ganhei o dvd do Tangos & Tragédias! Morram de invejaaaa \o/ hahaha

6) Fotos novas no Flickr, como você pode ver aí do lado. Viva o Eletronika e as pessoas que tiraram as fotos: Bruh, Dê, Gil e eu. ráá o/

7) Alguém notou que o meu blogbook tá “de lado”? Na semana que se aproxima, deve surgir um novo capítulo. É só ficar de olho, caso se interesse.

Ao som do Cake, vou-me indo, mas prometo que volto depois, só não sei dizer exatamente quando 😀

satisfações…

1) Estou dentro do laboratório de informática da biblioteca da PUC.

2) Nos próximos dias eu devo me ausentar do(s) blog(s), site(s) e do Orkut. Tudo, é claro, por causa do meu, do seu e do nosso Eletronika 2008 e da minha incrível e lastimante falta de mobilidade entre facul/casa/evento/facul/casa/evento/casa/evento/casa.

3) Mas para você não sentir a minha falta e eu me sentir uma pessoa onipresente, cada um de vocês poderão conferir a cobertura do Portal Music Life no evento, feita pelo Gilsouza e por mim, no nosso Blog ML.

4) Durante a semana que se aproxima, além da cobertura no Portal Music Life, você verá uma matéria sobre o RBD e os seus fãs.

5) Essa matéria sobre o RBD pode inaugurar uma nova coluna, uma coluna comandada por toda a equipe e só com matérias especiais, mas nada ainda está certo sobre essa coluna, a matéria é garantida.

6) Ajudem um pseudo-jornalista falido? Peço qualquer colaboração financeira para que eu possa visitar todos os eventos da seguinte agenda de shows: Scorpions, Wilson Sideral, Teatro Magico/Flamming Night, Blitz, Seu Jorge, Mudhoney, Tim Festival, Zeca Baleiro, Planeta Terra, Pop Rock Brasil, Cyndi Lauper, O Rappa, Gorillaz, Madonna…

Prometo que, se der, apareço por aqui neste final de semana, mas, no mais, até mais! 😉

Uma visão sobre o Big Brother Brasil…

Em uma conversa a alguns dias sobre o Big Brother Brasil, me repassaram este texto que está postado no Bilibio, um site de mensagens e textos variados. O texto não tem um autor, mas vale a pena ler.

Big Brother Brasil – BBB

29 milhões de ligações do povo brasileiro votando em algum candidato para ser eliminado do Big Brother. Vamos colocar o preço da ligação do 0300 a R$ 0,30. Então, teremos R$ 8.700.000,00. Isso mesmo! Oito milhões e setecentos mil reais que o povo brasileiro gastou só nesse paredão.

Suponhamos que a Rede Globo tenha feito um contrato “fifty to fifty” com a operadora do 0300, ou seja, ela embolsou R$ 4.350.000,00. Repito, somente em um único paredão…

Alguém poderia ficar indignado com a Rede Globo e a operadora de telefonia ao saber que as classes menos letradas e abastadas da sociedade, que ganham mal e trabalham o ano inteiro, ajudam a pagar o prêmio do vencedor e, claro, as contas dessas empresas.

Mas o “x” da questão, caro(a), é saber que paga-se para obter um entretenimento vazio, que em nada colabora para a formação e o conhecimento de quem dela desfruta; mostra só a ignorância da população, além da falta de cultura e até vocabulário básico dos participantes e, consequentemente, daqueles que só bebem nessa fonte.

Certa está a Rede Globo. O programa BBB dura cerca de três meses. Ou seja, o sábio público tem ainda várias chances de gastar quanto dinheiro quiser com as votações. Aliás, algo muito natural para quem gasta mais de oito milhões numa só noite! Coisa de país rico como o nosso, claro.

Nem o Unicef, quando faz o programa Criança Esperança com um forte cunho social, arrecada tanto dinheiro. Vai ver deveriam bolar um “BBB Unicef”. Mas tenho dúvidas se daria audiência.

Prova disso é que na Inglaterra pensou-se em fazer um Big Brother só com gente inteligente. O projeto morreu na fase inicial, de testes de audiência. A razão? O nível das conversas diárias foi considerado muito alto, ou seja, o público não se interessaria.

Programas como BBB existem no mundo inteiro, mas explodiram em terras tupiniquins. Um país onde o cidadão vota para eliminar um bobão (ou uma bobona) qualquer, mas não lembra em quem votou na última eleição. Que vota numa legenda política sem jamais ter lido o programa do partido, mas que gasta seu escasso salário num programa que acredita de extrema utilidade para o seu desenvolvimento pessoal e, que não perde um capítulo sequer do BBB para estar bem informado na hora de PAGAR pelo seu voto.

Que eleitor é esse? Depois não adianta dizer que político é ladrão, corrupto, safado, etc. Quem os colocou lá? Claro, o mesmo eleitor do BBB. Aí, agüente a vitória de um Severino não-sei-das-quantas para Presidente da Câmara dos Deputados e a cara de pau, digo, a grande idéia dele de colocar em votação um aumento salarial absurdo a ser pago pelo contribuinte.

Mas o contribuinte não deve ligar mesmo, ele tem condições financeiras de juntar R$ 8 milhões em uma única noite para se divertir (?!?!), ao invés de comprar um livro de literatura, filosofia ou de qualquer assunto relevante para melhorar a articulação e a auto-crítica… Chega de buscar explicações sociais, coloniais, educacionais.

Chega de culpar a elite, os políticos, o Congresso. Olhemos para o nosso próprio umbigo, ou o do Brasil. Chega de procurar desculpas quando a resposta está em nós mesmos. A Rede Globo sabe muito bem disso, os autores das músicas Egüinha Pocotó, O Bonde do Tigrão e assemelhadas sabem muito bem disso; o Gugu e o Faustão também; os gurus e xamãs da auto-ajuda idem. Não é maldade nem desabafo, é constatação.