A história resiste…

O Esporte Clube Siderúrgica é um clube brasileiro de futebol, da cidade de Sabará, no estado de Minas Gerais e foi fundado no dia 31 de maio de 1930, por iniciativa de funcionários da Usina Siderúrgica Belgo-Mineira. O estatuto do clube foi elaborado por uma comissão de 10 membros, presidida por Felicio Roberto, que ocupou o cargo de primeiro presidente da história do Siderúrgica.O primeiro campo de futebol foi construído em terreno da Praia do Ó, doado pelo Recreio Club Siderúrgica, e com o patrocínio da Belgo-Mineira. A primeira partida aconteceu em 17 de agosto de 1930, no campo do Alves, atual PRAESA, quando o Siderúrgica perdeu para o Alves Nogueira Futebol Clube.

 

Em 1931, filiou-se a Liga Mineira de Desportos Terrestres e disputou seu primeiro torneio oficial, conquistando o título de Campeão da 2ª Divisão de Amadores. Em 1933, fez sua primeira partida como profissional, vencendo o Palestra Itália, atual Cruzeiro, pelo placar de 2 a 1.

 

O clube conquistou títulos importantes, como o Campeonato Mineiro de 1937 e de 1964, o Torneio Início dos anos de 42, 51, 56 e 65 e a Taça Brasil Central de 1965.

No título mineiro de 64, contra o Atlético Mineiro, o atacante Noventa foi obrigado pelo lendário técnico Yustrich (que também foi técnico do Villa Nova) a jogar com o braço quebrado.

Pela Taça Brasil de 1965, o Siderúrgica foi o primeiro clube de Minas Gerais a jogar uma partida interestadual no recém inaugurado Mineirão. Em 1967, com o fim do apoio financeiro da Belgo-Mineira, o clube extinguiu o seu departamento de futebol Profissional.Depois de 26 anos desativado, voltou a disputar, em 1992 e 1997, o Campeonato Mineiro da Segunda Divisão, mas sem o mesmo sucesso do passado.

Em 2007, o Siderúrgica voltou ao futebol profissional, quando disputou o Campeonato Mineiro da 2ª Divisão.