Parabéns a DM9DDB, mas…

Eu, como publicitário em formação, não posso ser leviano ao ponto de dizer que a DM9DDB não é uma das agências de publicidade mais importantes do mundo.

Quem acompanha o mundo das agências mais de perto ou, simplesmente, presta atenção nas propagandas de tv que passam no intervalo do seu programa favorito, com certeza já viu uma lista grande de vídeos publicitários feitos pela DM9, como a campanha da Amanco (ECO), as campanhas da C&A – como a mais recente do Dia dos Pais, com o Rodrigo Hilbert – e a maravilhosa Money, do WWF Brasil, que você tem que ver antes de morrer.

A capacidade da DM9DDB também pode ser traduzida em prêmios. Até hoje são 83 Leões e quatro escolhas como “Agência do Ano” no mais importante festival de propaganda do mundo, o Festival Internacional de Publicidade de Cannes.

Onde eu quero chegar? É muito simples!

Uma agência deste porte não merece (ou não pode ter) este vídeo abaixo como “comemoração” de seu quarto título de Agência do Ano.

Anúncios

Mais uma da Volkswagen…

Outra propaganda da Volkswagen com o “alemão”. Outra vez, bem criativa.

O pior emprego do mundo…

Não sei qual a agência responsável pela campanha abaixo, mas é uma das melhores que vi nos últimos meses…

Giraffinhas…

Uma das melhores propagandas dos últimos meses:

Você já chupinhou?

Calma gente, isto não é um termo pornográfico e nem vou mandar vocês abrirem o YouPorn, ok?

Chupinhar, no mundo publicitário, pode ser considerado como um plágio, mas tem algumas diferenças.

Chupinhar é quando alguém se baseia em algo já existente para a sua criação, utilizando vários aspectos que fazem referência a idéia original, mas sem propriamente usar tudo o que está presente na determinada idéia.

Como exemplo: Eu tenho que criar uma idéia de clipe para uma banda nova e, na minha criação, eu utilizo coisas que fazem lembrar um clipe já existente. Seja roupas, cenário ou história. Mas tudo com a adaptação ideal para a devida banda nova e sem usar tudo existente no clipe de base. Trocando em miúdos, vou fazer um clipe para uma música da Fresno e, neste clipe, uso coisas que lembram o clipe de Give It Away, dos Peppers. Um cenário diferente, novas pessoas, mas efeitos parecidos, dando uma nova roupagem na antiga ideia. Isso seria um exemplo de “chupinhar”.

Já plagiar não. Plagiar é quando alguém copia descaradamente qualquer trecho de obra, anuncio, etc. Seria, utilizando o exemplo acima, eu pegar o clipe de Give It Away e fazer exatamente a mesma coisa com os caras da Fresno. Um clipe com as mesmas roupas, cenários, gestos e talz.

.

Dizem por aí que o bom publicitário cria, mas que o mais bem sucedido na realidade é aquele que copia e faz melhorias, ou seja, aquele que chupinha.

.

Falando nisso, vem aí o IV Congresso Brasileiro de Publicidade, que será realizado nos dias 14, 15 e 16 de julho em São Paulo. Eu queria muito ir, mas os preços promocionais de 900 reais para estudantes e os shows de Biquini Cavadão, Fábio Junior e Scarcéus “di gratis” aqui onde moro nos dias 17, 18 e 19 realmente me fizeram repensar melhor nesta idéia. Mentira, foi só por causa dos shows mesmo, ainda mais uma apresentação do mestre Fábio Junior. Isso deve ser DE-MA-IS da conta! De graça então e aqui em Sabará, é uma combinação explosiva. PUUUURO sucesso!

Apenas propagandas…

Enquanto não escrevo sobre o último jogo da Holanda, diante da Romênia [que já aconteceu a alguns dias], deixo vocês com um resumo do que de… err… melhor aconteceu no jogo do Brasil ontem a noite com duas propagandas legais, uma já clássica e a outra deste ano. Simples, mas cada um com a sua peculiaridade.

1) Sindrome de Down: Carlinhos

Importante destacar: Primeiro o Radiohead e segundo, mas não menos importante, a propaganda se tornou um clássico, pela sua simplicidade de criação e, obviamente, pela(s) mensagem(ns) passada(s). [Sim, eu vejo duas mensagens nestes 120 segundos]

2) Faculdade Pitágoras: Vídeo institucional.

Importante destacar: A bela filmagem feita durante os 60 segundos. Seria só isso, mas eu posso destacar outra coisa. Rá, eu tenho uma amiga presente neste vídeo e a Débora me aparece 4 vezes ainda por cima. o/

.

Bom, antes de ir embora, eu prometo que, até as 15:45 de sábado eu volto e posto sobre o jogo passado da seleção brasileira, mas sem falar bem do Messi, porque os ótimos jogadores brasileiros ficam bravinhos só porque ele é aplaudido e eles não são do trator laranja, oks?

.

.

Este post foi um oferecimento de Portal Music Life e ao som de “All You Need Is Love”, dos Beatles!

Mudar é crescer…

Apresento, uma das propagandas mais criativas de 2007!

“Mamãe vai me dar uma irmãzinha..
estou contentee.. que bom!
Nosso apartamento é pequeno..
E tudo que era meu será dos dois!

Até mamae e papai, de nós dois!”